Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Governador encaminha à Assembleia projeto para doar área ao Inter em troca de reformas de escolas

Publicação:

Governador
"O futebol, especialmente no RS, é responsável por geração de oportunidades, de empregos e de renda", diz Leite - Foto: ITAMAR AGUIAR / Palácio Piratini

Depois de anos de negociações e estudos, o governo concluiu o projeto de lei (PL) para repassar uma área do Estado em Guaíba para a construção do novo centro de treinamento (CT) do Sport Club Internacional. Como contrapartida, o clube deverá restaurar e equipar escolas estaduais na Região Metropolitana.

O PL foi assinado na manhã desta quarta-feira (4/9), no Palácio Piratini, pelo governador Eduardo Leite, em encontro entre integrantes do governo, como o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior e secretários, com a diretoria e atletas da base do Inter. Em seguida, Leite entregou a proposta ao líder do governo na Assembleia e proponente da proposta, deputado Frederico Antunes, para ser protocolada em regime de urgência na Assembleia Legislativa.

Não estamos tratando da simples doação de uma área a um clube de futebol. Estamos tratando da promoção de um investimento no Rio Grande do Sul. Um investimento de fôlego, em um negócio que movimenta a economia ”, ressaltou o governador.

Mas é também um investimento social, porque terá contrapartida em educação, na melhoria das escolas, não apenas do ponto de vista físico, como na estrutura para alavancarmos projetos inovadores. É um investimento social, ainda, pelo que significa para as categorias de base do ponto de vista da atratividade às nossas crianças para o esporte, que é saúde e disciplina”, completou.

O secretário do Esporte e Lazer, João Derly, destacou que a Cidade Colorada, como é batizado o projeto, é um sonho antigo do Internacional que hoje está mais próximo da concretização. A obra já tem liberação da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

IMG 20190904 WA0005
João Derly destacou que o projeto é um sonho antigo do Internacional que hoje está mais próximo da concretização - Foto: Nabor Goulart / Palácio Piratini

O terreno de quase 90 hectares localizado junto à Estrada do Conde, na margem oposta do Lago Guaíba, praticamente em linha reta em relação ao Complexo Beira-Rio e ao Parque Gigante, foi avaliado em R$ 16,6 milhões (atualizado em julho deste ano). Pelo acordo, o Inter investirá 20% do valor da área – ou seja, R$ 3,3 milhões – na melhoria de, no mínimo, quatro escolas – duas em Porto Alegre e duas em Guaíba – a serem indicadas pela Secretaria da Educação (Seduc).

Ao clube, caberá a elaboração, a contratação e a execução das obras de reformas, adequações e/ou ampliações, além de fornecer equipamentos para aparelhamento dos estabelecimentos de ensino determinados. O prazo é de até dois anos, a contar da escolha das escolas pela Seduc.

Desde outubro de 2014, a área está cedida ao clube em caráter oneroso, com um custo de R$ 35,6 mil mensais. No início deste ano, o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, oficializou ao governador o pedido pela cedência definitiva do terreno. Para dar seguimento ao processo, o governador solicitou análise pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) antes de torná-lo projeto de lei.

O resultado foi semelhante à decisão tomada pelo governo em relação ao CT Luiz Carvalho, do Grêmio. A área pertencia à Superintendência do Porto de Rio Grande, órgão estatal. O projeto dando a posse ao clube tricolor foi aprovado pela maioria dos deputados no final da legislatura passada. 

É a consolidação de um trabalhado bem feito por dois grandes clubes. O Grêmio já tem a sua área e o Inter recebe, agora, também essa possibilidade, pois tenho certeza da aprovação pelos deputados. Isso coloca o nosso Estado em destaque no cenário nacional e é determinante para que possamos atrair outros investimentos, já que é fundamental termos um ambiente pulsante, dinâmico e com opções de lazer para reter e atrair talentos”, finalizou Leite.

Projeto colorado

Segundo o Inter, o objetivo é construir uma estrutura de padrão europeu. O complexo prevê, em um primeiro momento, 10 gramados, 30 suítes para os jogadores e mais uma ala destinada à comissão técnica no prédio principal. Um prédio anexo será destinado às categorias de base e terá capacidade para alojar até 80 garotos. Essas duas alas terão uma vista comum, de um campo com gramado sintético, coberto e com dimensões oficiais. 

Proponente do PL, Antunes destacou que o RS ganha um reforço para ser referência no treinamento e na formação de atletas da base. “Teremos capacidade e condições para que o futuro seja construído no presente”, afirmou o deputado.

Presidente do clube, Marcelo Medeiros destacou a simbologia da data em que o projeto está sendo concluído – nesta noite, Inter e Grêmio disputam as semifinais da Copa do Brasil e, dependendo dos resultados, poderão se enfrentar em uma final inédita.

O RS é um Estado que faz um futebol de alta qualidade, de ponta, e quis o destino que essa solenidade acontecesse hoje, no mês farroupilha, e, se Deus quiser, nós dois chegaremos à final e daremos a maior final que o Estado já teve", afirmou o dirigente.

Secretaria do Esporte e Lazer