Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Plano do Esporte e Lazer aprovado pela Assembleia gaúcha será lei estadual

Publicação:

Plano Estadual do Esporte e Lazer é aprovado
Plano Estadual do Esporte e Lazer é aprovado

O Plano Estadual do Esporte e Lazer foi aprovado, em sessão plenária da Assembleia Legislativa do RS, com 46 votos favoráveis, nesta terça-feira (09). Com a aprovação, o plano passa a ser uma lei estadual para o segmento esportivo gaúcho, com duração para os próximos dez anos, sendo revisado a cada quatro anos da publicação. Formatado pela Secretaria do Esporte e Lazer (SEL), após a realização de nove conferências regionais e da estadual, que tiveram como finalidade fazer um levantamento das demandas no setor de desportos das diversas regiões do Estado.

Dentre os objetivos do plano estão: planejar, criar e implementar programas e ações voltados à valorização, ao fortalecimento e à promoção do esporte no Estado; produzir, implementar e fomentar a política pública do esporte e lazer do RS; valorizar os profissionais que atuam nas áreas do esporte e lazer; garantir o acesso à prática e à cultura da educação física e do esporte nas escolas de educação básica, de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens; incentivar a prática da atividade física e do esporte, de forma a promover hábitos saudáveis que contribuam para a saúde e a qualidade de vida dos jovens, adultos e idosos; e promover o esporte de rendimento desde a base até o alto rendimento.

O titular da SEL, Danrlei de Deus, lembra que em relação à educação, o principal pilar passa pela valorização do profissional de Educação Física como ministrante das práticas esportivas, viabilizando a iniciação esportiva com qualidade. “Além disso, o plano trabalha para estimular as instituições de ensino a dar condições para que todos os alunos da educação básica pratiquem atividade física, ao menos, três vezes por semana, através do investimento em estruturas escolares e nos insumos esportivos. Também prevê assegurar que, em até dez anos, 80% destes alunos estejam matriculados em escolas com acesso à infraestrutura esportiva, pois identificamos que esse é um grande desafio a ser enfrentado", conclui o secretário.

Na saúde e lazer, as diretrizes do projeto estão fundamentadas em proporcionar à sociedade locais públicos que possam ser utilizados com segurança para a prática esportiva, implementando normas adequadas de acessibilidade e adaptação dos equipamentos. Já o eixo que discorre sobre o rendimento possui como uma das principais metas implementar mecanismos para fomentar projetos esportivos de formação de atletas.

Secretaria do Esporte e Lazer