Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Um ano de vários desafios e conquistas para a Secretaria do Esporte e Lazer

Publicação:

Esporte/SEL
Esporte/SEL

A Secretaria do Esporte e Lazer do Estado foi reestruturada em janeiro de 2019, quando o governador Eduardo Leite tomou posse. De lá para cá houve muito esforço e dedicação do secretário João Derly e de sua equipe. Acostumado a desafios enfrentados como atleta, bicampeão mundial de judô e titular da pasta, João Derly não desanimou e fechou o ano com balanço positivo. 

Ações Sociais

Durante os jogos da Copa América 2019, que ocorreram na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, a Secretaria do Esporte e Lazer em parceria com a Conmebol disponibilizou cerca de 5 mil ingressos sociais. Os ingressos foram distribuídos para estudantes de escolas públicas (estaduais e municipais), integrantes de associações esportivas, refugiados venezuelanos e crianças que integram projetos sociais. Muitos descreveram a ação como maravilhosa e indescritível, pois a grande maioria esteve pela primeira vez em um estádio de futebol.

“Foi emocionante e encantador ver a alegria deles entrando na Arena, vivendo aquela experiência de ver grandes craques e uma competição internacional do nível da Copa América. Os refugiados, longe de sua pátria, puderam matar um pouco da saudade da sua Venezuela torcendo pela sua seleção “vinotinto”, fato que também emocionou a todos nós”, finalizou Derly.

Competições Esportivas

Sabendo da importância do apoio à participação de atletas em competições esportivas, essa também foi uma das prioridades da Secretaria do Esporte e Lazer. Foram apoiados diversos eventos como os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) e as Paralimpíadas Escolares. No total essas três competições trouxeram 130 medalhas para o Rio Grande do Sul. Nos JUBs, a equipe gaúcha conquistou no total 15 medalhas (4 de ouro, 5 prata, 6 bronze) nas modalidades atletismo, judô e vôlei de praia. No JEJ, os atletas gaúchos trouxeram 40 medalhas, sendo 10 ouro, 6 prata e 24 bronze, nas competições em atletismo, badminton, judô, natação, vôlei de praia, tênis de mesa, futsal, voleibol, handebol e basquete. Nas Paralimpíadas Escolares, foram conquistadas 72 medalhas (31 ouro, 25 prata, 16 bronze) pelos representantes do RS, incluindo as modalidades atletismo, natação e tênis de mesa.

Segundo Derly, esse intercâmbio é fundamental para formar campeões.“Fui tricampeão dos Jogos Escolares, entre 1996 e 1998 e, sem dúvida, eles foram fundamentais na minha formação. Assim como temos inúmeros exemplos de atletas com carreiras brilhantes que disputaram essa competição. Levar os nossos jovens a essa e outras disputas é uma ação necessária que a SEL pôde proporcionar aos atletas que saíram, delas, com um grande aprendizado e experiência na bagagem além, é claro, das muitas medalhas conquistadas”, explicou o secretário.

A secretaria também apoiou a 21ª edição dos Jogos de Integração das Pessoas Idosas que contou com mil idosos, o Campeonato Cergs que envolveu 3.700 alunos em 12 modalidades e o Paracergs que contou com mais de 160 atletas.

Pró- Esporte RS – Lei de Incentivo e Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie)

Em 2019, o Pró-Esporte RS contabilizou 74 projetos com aporte financeiro de cerca de R$ 16 milhões. Em 2018 foram 59 projetos aprovados no valor de R$ 11 milhões. O programa atua por meio de duas ferramentas: a Lei de Incentivo ao Esporte (LIE), vinculada ao ICMS; e o Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte (Feie), realizado por meio de editais. Em agosto de 2019, a SEL lançou o novo edital do Feie com recursos de R$ 1milhão e 40 mil, que serão destinados a 24 novos projetos de pessoas físicas que contemplam o desporto em geral, o paradesporto e os que se enquadram no Programa RS Seguro. O resultado dos contemplados ocorrerá até março de 2020.

Para o titular da pasta esta iniciativa, que será ampliada em 2020, é muito importante para mostrar aos gestores esportivos que é, sim, possível financiar parte ou todo projeto esportivo a partir do Pró-Esporte: “Muitos deles não sabiam que captar não é um “bicho de sete cabeças” e que a SEL está a disposição para ajudar com dúvidas e tornar o projeto apto, sendo a nossa ação um sucesso que percorreu todas as regiões do estado”, afirmou.

Lei Pelé

Em 2019, dos 57 convênios assinados dos projetos contemplados no edital 05/2017 Apoio aos Municípios, a SEL já efetuou o pagamento de 31 projetos. Dos convênios assinados em 2018 e 2019, contemplados no edital acima, totalizaram 70 pagamentos com recursos de R$ 1.261.513,14. O valor vai contemplar projetos de instalações de academias ao ar livre, aquisição de equipamentos e realização de eventos esportivos.

Desafios e conquistas para 2020

Para 2020, já há etapas regionais dos Jogos Escolares da Juventude e dos Jogos Universitários Brasileiros que ocorrerão no RS em 2020. Desde a década de 70, o Estado não sedia esse tipo de jogos que além de fomentar o esporte movimenta a economia. A etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude ocorrerá em Gramado de 20 a 24 de setembro. A definição da cidade foi acertada após a visita ao RS dos representantes do Comitê Olímpico do Brasil (COB). A escolha do município gaúcho que sediará a etapa regional dos Jogos Universitários Brasileiros ocorrerá em janeiro, após visita técnica. A etapa regional do JUBs ocorre em novembro de 2020.

“Pude acompanhar as etapas em 2019, tantos dos Jogos Escolares como os Universitários, ver o quão benéfico é para a cidade e região, movimentando a economia, o setor hoteleiro e gastronômico. Sediar algo desse tamanho é ótimo para os atletas gaúchos, mas também para o Estado que incrementa a economia”, destacou Derly.

Realização das Conferências Estaduais e elaboração do Plano Estadual do Esporte e Lazer

Realização de Conferências Estaduais do Esporte e Lazer que tem como objetivo ouvir a sociedade gaúcha com sugestões para o desenvolvimento do desporto no RS. A partir das conferências será traçado um Plano Estadual do Esporte e Lazer como política pública para o setor, a ser transformado em projeto de lei. Devem ocorrer oito regionais atingindo os 497 municípios do Estado, como objetivo de estimular a criação de Conselhos Municipais, visando o fomento do esporte.

Passivo de Prestação de Contas 2019

Em 2019 foram concluídos aproximadamente 75% do passivo da Fundação de Esporte e Lazer do RGS ( Fundergs), processos esses pendentes desde 2014.

Secretaria do Esporte e Lazer